sexta-feira, 11 de março de 2011

Um pouquinho de poesia sobre fotografia

O que é Poesia?
Arte de compor ou escrever em versos; o que desperta o sentimento do belo.
------------------------------------------------------------------------------













Como extensão do meu olhar, a fotografia transformou-se também em profissão e, principalmente, em minha forma mais eficaz de protesto... da vivência com ela surgiu o seguinte pensamento...

ESCRITORES DE LUZES - Os fotógrafos

Testemunhos de uma realidade paralela.
Vivem entre nós. Muitas vezes, nós somos eles.
Cúmplices de um momento eternizado.
Fazem das luzes seus elementos e das sombras tiram sua força.
São os Escritores de Luzes.

São os Fotógrafos.
Seres notáveis e sorrateiros. Tímidos - talvez! Espécimes curiosos.
Reproduzem-se muito rapidamente. Não ignoram a realidade.
Não raramente, nos surpreendem nos lugares mais discretos.
Nas situações mais insólitas.

Olhares algozes.
Buscam a sua leitura da verdade mesmo que esta seja irreal.
Seu vacilo torna-se sua tristeza. Sua melhor foto é a que ele não tirou.
Ficou apenas em sua memória - fotográfica!
Essa ele jamais esquece. Na verdade é a que mais o enobrece!

Vida dentro da Vida. Vida enquadrada pela Vida.
Coletor de almas, sensibiliza-se com a própria.
Guardadores de emoções. Com pensamentos eternizados.
Se nutre de seu tempo eterno. Põe fim ao esquecimento.
Sensações do universo percebidas por quem enxerga além dos olhos.

Escritores de Luzes.
Promovem o delírio, o assombro.
O êxtase, o amor, os mistérios, são seus.
O espetáculo, o fascínio, o aplauso, são de todos.

-----------
Referências:
. Texto: Litz, Levis. "Viagens de uma mônada". Curitiba, 2006.
. Fotografia: Levis Litz / Fotos e Rumos.com - "Sobre a Cordilheira dos Andes, Peru"

Nenhum comentário:

Postar um comentário